09/02/2022 - Autor: Cledson Wagner Souto



Como encontrar um guia de turismo?

Compartilhe

Guia de turismo x Guia turístico

Não confundam “guia de turismo” com “guia turístico”. O primeiro é o profissional qualificado, capacitado e habilitado para acompanhar, orientar e transmitir informações a pessoas ou grupos em visitas, passeios e excursões. Foi treinado sob orientação e responsabilidade de outro profissional legalmente habilitado e concluiu curso regulamentado de guia de turismo, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Por ter registro no conselho de classe competente, deve sempre portar e/ou apresentar sua credencial durante a prestação do serviço.

Enquanto o “guia turístico”, também conhecido como “guia de viagem”, é um compilado de informações sobre um determinado local, incluindo localização, curiosidades, dicas culturais, históricas e/ou gastronômicas, para a pessoa que visita um local desconhecido. Esses guias tradicionalmente são encontrados na forma de mapas e livros de bolso, como o Guia 4 rodas. E com a chegada da internet, podem ser encontrados em sites, como Mochileiros e TripAdvisor, e na forma de vlogs. Dois bem conhecidos no Brasil são o Viaje na Viagem e o Louco por Viagens.

A importância deste profissional

Sua função vai além do simples acompanhamento de pessoas em uma viagem. Eles tiram dúvidas sobre a viagem, tais como, o que pode e não pode levar, fazer ou encontrar durante a atividade. Auxiliam no checkin/checkout. Animam os grupos. Informam onde comprar ou comer, o que evitar fazer, melhores momentos e lugares para fotos, sobre o uso de equipamentos de segurança, perigos nos locais de desembarque, duração das estadias. São intérpretes para os não falantes da língua nativa da região visitada. Repassam informações e curiosidades sobre os lugares a serem visitados. Auxiliam aqueles que têm necessidades especiais. E outras atividades.

O guia de turismo é um profissional multitarefa que está preparado para os imprevistos. Por exemplo, se chover, ele vai saber o que fazer, para que você não perca seu passeio. Ele tem conexões e conhecimento da região que vai abrir portas e permitir que você faça aquilo que não iria conseguir fazer sozinho. 

Enfim, eles trazem consigo um conjunto de informações que o visitante comum não possui ou que gastará um tempo enorme para acumular, e que muitas vezes não faz sentido gastar considerando a duração do passeio. Ou você costuma gastar um hora de pesquisa para cada hora de lazer que pretende usufruir? Hoje, isso não faz mais sentido, não é? O guia de turismo vai se ocupar com tudo aquilo que você não deve se preocupar para ter a melhor experiência possível. E você vai fazer somente aquilo a que se predispôs: animar, relaxar ou conhecer algo ou algum lugar. Ou seja, se divertir.

Quando contratar?

Se você já realizou uma visita, passeio ou excursão, provavelmente você já usufruiu dos serviços de um guia de turismo embutido na experiência. Nas regiões metropolitanas, nas altas temporadas e nos principais destinos turísticos, várias empresas possuem experiências pré-formatadas, e provavelmente você não sentirá a necessidade de contratar um. Mas, fora desse contexto, que vai alcançar boa parte do ano e do território de um país, as experiências desaparecem.

Se:

  • o quê vai conhecer ou o lugar que vai visitar foge do padrão;
  • possui um perfil mais independente, que não gosta de viajar em grupos com roteiros predeterminados e horários controlados;
  • interessa por fazer o que as outras pessoas normalmente não fazem;
  • não é um pesquisador paciente e habilidoso nem um aventureiro extremo.

Então, você é um forte candidato a contratar um guia de turismo.

Um passeio com o guia é mais seguro e tem menores chances de incidentes. Já o passeio sem guia é por sua conta e risco.

Onde encontrar?

A internet e as redes sociais dão a sensação de que a informação está acessível, mas não é bem assim. Normalmente, um guia de turismo atua somente em uma região ou se desloca junto aos viajantes em uma excursão mais estruturada. Por isso, ter o contato de alguém ou ter seu cartão de visitas não significa que seu problema está resolvido. É necessário encontrar alguém que atue naquele determinado local. E a pesquisa requer tempo, técnica, paciência e sorte.

Em geral, sua pesquisa na internet vai iniciar com as palavras “guia de turismo [lugar desejado]”. Como provavelmente você estará pesquisando para lugares distantes das regiões metropolitanas e dos principais destinos turísticos, na baixa temporada, gastará um tempo razoável para identificar alguns contatos. Nossa dica é procurar primeiro nos sites das prefeituras dos lugares, das associações de guias de turismo, dos parques e dos atrativos de interesse. Muitas vezes eles disponibilizam a lista de guias credenciados e formas de contato.

Caso opte pelas redes sociais, tente encontrar fotos de passeios com # dos lugares e localize o guia que postou a foto ou se um turista o citou. Também vale a pena dar uma olhada nos comentários. Observe se a página do guia transmite profissionalismo. Assim, não tente procurar pelo seu nome, pois pode se deparar com muitos homônimos, perfis fechados ou sem publicação alguma. Isso pode ser um sinal de alerta!

Ainda vão faltar outras etapas na sua jornada até o passeio:

  • contatar o guia de turismo;
  • verificar possibilidade do passeio (lembre-se que o destino pode fechar);
  • verificar disponibilidade e horários;
  • conhecer condições para e restrições do passeio;
  • orçar, negociar e combinar formas de pagamento;
  • combinar formas de encontro.

Tudo isso sem nenhuma garantia de que o serviço será realizado de fato. Uma vez que essa abordagem se baseia apenas na confiança da informação disponibilizada na internet e na idoneidade do profissional.

Isso é um dos muitos problemas que a Porankatu quer resolver, automatizando toda essa jornada. Para economizar o seu tempo, e evitar que você se aborreça com a pesquisa e contratação de um profissional tão importante para um momento de diversão, além de garantir segurança entre as partes.

Logo abaixo, segue um vídeo que resume esse assunto, e que faz parte da série Papo Porankatu. Se este conteúdo foi útil para você, siga, comente, compartilhe.

SEGMENTOS

SELOS

ETIQUETAS

Leia também

SEGMENTOS
SELOS
ETIQUETAS

2024 - Todos os direitos reservados