12/08/2021 - Autor: Flávio Trevezani



Dia Nacional das Artes: Descubra 3 redutos da arte capixaba

Compartilhe

“Se não gosta de arte, boa gente não deve ser”! Antes de julgar essa frase, respira e vamos entender a arte. 

arte

substantivo feminino
1. habilidade ou disposição dirigida para a execução de uma finalidade prática ou teórica, realizada de forma consciente, controlada e racional.
2. conjunto de meios e procedimentos através dos quais é possível a obtenção de finalidades práticas ou a produção de objetos; técnica.

Arte é tudo aquilo que nasce da criatividade ou de técnicas no qual o resultado seja algo que desperte a curiosidade, a atenção, o entretenimento e o vislumbre. Por isso, é um pouco difícil haver alguém que não curta ou admire uma forma de arte pelo menos.

Música, teatro, cinema, comédia, plásticas, esculturas, acrobacias, dança, literatura, poesia… Existem muitas formas de arte e inspirados pelo Dia Nacional das Artes, 12 de agosto, nós vamos falar de 3 lugares aqui, no nosso maravilhoso estado do Espírito Santo.

Centro Histórico de Vitória – História e Cultura

Para quem conhece, o Centro de Vitória respira arte, tanto na história, quanto em diversos locais onde você pode entrar em contato com a arte em suas diversas formas.

No âmbito do teatro, apesar de não estar funcionando, o Teatro Carlos Gomes é nosso referencial histórico de arte e fica no Centro. Logo do outro lado da Praça Costa Pereira temos o Centro Cultural do Sesc Glória. Nele podemos ter desde apresentações, até oficinas de arte. Sem precisar ir muito longe e ainda no Centro, se encontra o MAES, Museu de Artes do Espírito Santo, onde você pode periodicamente ver novas mostras de arte. Além do MAES, temos a Casa Porto de Artes Plásticas e o Palácio Anchieta, com mostras de artes itinerantes e permanentes. Não podemos deixar de falar do Palácio Sônia Cabral, com apresentações musicais e artíticas e também o MUCANE, Museu Capixaba do Negro. 

No Centro da Capital também encontramos diversas companhias de teatro, como o CENA Escola de Atores e Fogazões, além de ambientes privados como bares e restaurantes como Casa Stael, Bar da Zilda, Casa de Bamba, A Oca, entre outros com apresentações artísticas e culturais.

Olha, o Centro Histórico de Vitória com certeza transpira arte e cultura.

Vista lateral do Palácio Anchieta. (Fonte: Wikimidia Commons)

Vila das Artes e Casa de Pedra – Arte na essência

Localizada no Bairro São Francisco no município da Serra, a Vila da Artes é reduto de uma série de ateliês e artistas que transformaram o ar do lugar em ambiente artístico e artesanal. De oficina de cerâmica a outras formas de arte, lá você pode interagir, admirar a arte e também consumi-las. 

Além do conglomerado de artesãos, o lugar conta com a célebre Casa de Pedra, construída pelo Sr. Neusso Ribeiro. Um ponto turístico que precisa constar na sua lista de locais a conhecer no Espírito Santo. O lugar tem ganhado fama por ser um local de arte e criatividade. Vale a pena ir e conferir.

Casa de Pedra. Bairro São Francisco, Serra – ES (Fonte: Wikimidia Commons)

Festival de Cinema de Muqui – Arte na tela

Cidade que aparece que parou no tempo na década de 20 do século passado, Muqui é com certeza cenário ideal para filmes e TV. O Festival nasceu exatamente porque a organização defende esse potencial e passou a mostrar na prática.

Com edições anuais, a cidade se transforma ainda mais e passa a exalar arte e cinema. Devido a pandemia, a última edição ocorreu de forma online. Esse ano, mais uma vez, irá ocorrer 100% online nos dias 12, 13 e 14 de novembro. Mas se não quiser ter que esperar tanto tempo para respirar cinema nativo, você pode ver várias obras capixabas no site da SECULT, clicando aqui.

Muqui, cidade cenário de arte e cinema do Espírito Santo
Vista da cidade de Muqui. Fonte: (Instagran @fecim_festival)
SEGMENTOS

SELOS

ETIQUETAS

Leia também

SEGMENTOS
SELOS
ETIQUETAS
SEGMENTOS
SELOS
ETIQUETAS

2024 - Todos os direitos reservados